logo

top

imagemlandscape

Milhares de fiéis na procissão das velas

domingo, 13 de Maio de 2012

As celebrações marianas reuniram milhares de fiéis ontem no Funchal. A procissão das velas em acção de graças à Virgem Maria foi o culminar de uma jornada de oração que se iniciou com o terço e celebração da missa na Sé Catedral do Funchal.

A procissão das velas teve início pelas 21 horas. Da Sé, os fiéis seguiram a imagem pela Avenida Arriaga, placa Norte da Avenida do Mar até ao palácio de São Lourenço e regresso à Sé, novamente pela Avenida Arriaga.

Ontem, a cidade do Funchal participou pela primeira vez na 3ª Jornada Europeia 'Juntos pela Europa', acontecimento decorrente do apelo do Papa João Paulo II contra o 'vazio' religioso no Velho Continente, através da defesa da vida, da família, da criação, solidariedade, economia justa e cidades solidárias.

No Funchal, os movimentos da plataforma propuseram a realização de uma iniciativa solidária, convidando a comunidade a entregar bens alimentares junto de dois pontos de recolha montados pela Cáritas Diocesana no Largo do Colégio e na Sé.
Artur de Freitas Sousa (Diário de Notícias – Funchal)

 

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9

Agenda

Sem eventos


  • SIM à Vida

    Dizemos SIM à vida e empenhamo-nos a defender a sua dignidade inviolável em todas as suas fases, da concepção à conclusão natural.



  • SIM à família

    Dizemos SIM à família ligada por um pacto indissolúvel de amor entre homem e mulher, raiz de uma sociedade solidária e aberta ao futuro.



  • SIM à criação

    Dizemos SIM à criação, protegendo a natureza e o ambiente, dons de Deus a serem tutelados com empenho respeitoso pelas gerações presentes e futuras.



  • SIM à solidariedade

    Dizemos SIM à solidariedade para com os pobres e os marginalizados, próximos e distantes; são os nossos irmãos e irmãs. Pedimos aos nossos governos e à União Europeia que se empenhem com decisão a favor dos pobres e do desenvolvimento dos países desfavorecidos, em modo especial da África.



  • SIM à paz

    Dizemos SIM à paz e empenhamo-nos para que nas situações de conflito se possa chegar a um entendimento e à reconciliação, através do diálogo. Sem a paz o nosso mundo não tem futuro.



  • SIM à responsabilidade

    Dizemos SIM à responsabilidade para com a sociedade e trabalhamos para que as cidades se tornem, com a participação de todos , lugares de solidariedade e de acolhimento a pessoas de origens e culturas diferentes.



  • SIM a uma economia justa

    Dizemos SIM a uma economia justa, ao serviço de cada pessoa e de toda a humanidade.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7