logo

top

imagemlandscape

 

Estugarda 2007

Neste encontro, que se realizou em Estugarda na Alemanha a 12 de Maio de 2007, participaram mais de 240 Movimentos e Comunidades cristãs. O seu objetivo foi o de promover um compromisso cada vez maior por uma Europa mais unida, mais viva, mais humana e mais responsável.

Veja aqui as fotos do evento

estugarda2007 juntos pela europa

Conclusão de Gérard Testard1

Uma jornada como aquela que acabamos de viver é um sinal de esperança. Ela manifesta que a comunhão na diversidade pode ser uma realidade. Estou convencido disso há muito tempo, mas poder vivê-la concretamente juntos, sentir a força do amor que nos anima, constatar a vontade de construir e de ir em frente, é algo que me enche de felicidade. Os Movimentos reunidos são mais do que uma mensagem, são uma luz. A unidade entre eles, aqui expressa, indica um caminho. Eles são portadores de uma certeza: que a unidade, a comunhão, a espiritualidade são vividos de tal maneira que é um sinal autêntico para a Europa. E a unidade da Europa relaciona-se connosco, como cristãos.

Estamos encaminhados na estrada aberta pelos fundadores da Europa e por todos os homens que, ao longo da história, rejeitaram a fatalidade dos conflitos e empenharam-se para fazer cair barreiras das divisões. O verdadeiro desafio de hoje é o amanhã…
Olhando para a humanidade com os olhos de Deus, fazendo circular sempre mais o amor entre os nossos Movimentos e ao redor deles, podemos contribuir para ressuscitar Jesus, fazê-lo nascer e renascer entre os homens. Cristo presente entre nós – segundo a sua promessa, se estamos unidos no seu nome – iluminará o nosso caminho, inundará o mundo e a nossa Europa com jatos de luz e de vida, fará circular os bens espirituais e materiais para dar respostas às situações mais variadas do nosso agir humano. Dirijamo-nos com confiança aos habitantes da Europa, às instituições e aos governos dos países para um novo despertar e para que “Juntos pela Europa” seja um sinal de esperança. «Senhor, vinde ajudar-nos a viver, a seguir o caminho do diálogo. Vinde guiar os nossos
gestos, iluminar as nossas inteligências, animar as nossas palavras. Fazei de cada um de nós um instrumento para uma Europa de paz, de fraternidade, de justiça e de amor»

Introdução à mensagem final2 (Gabri Fallacara)

Agora somos convidados a exprimir em voz alta o que vivemos. Damos voz à “Mensagem à Europa 2007”. É uma declaração das 230 comunidades, movimentos e grupos aqui representados. É o fruto de hoje para o futuro. É um fruto europeu, um fruto cristão, do Espírito, o nosso fruto de comunhão. Jovens de 8 países, de vários movimentos e comunidades, irão lê-la para nós na
própria língua.


1Presidente de FONDACIO
2Mensagem “ Juntos pela Europa 2007” também conhecida pelo “Manifesto dos 7 SIMs”

 

 

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9

Agenda

Sem eventos


  • SIM à Vida

    Dizemos SIM à vida e empenhamo-nos a defender a sua dignidade inviolável em todas as suas fases, da concepção à conclusão natural.



  • SIM à família

    Dizemos SIM à família ligada por um pacto indissolúvel de amor entre homem e mulher, raiz de uma sociedade solidária e aberta ao futuro.



  • SIM à criação

    Dizemos SIM à criação, protegendo a natureza e o ambiente, dons de Deus a serem tutelados com empenho respeitoso pelas gerações presentes e futuras.



  • SIM à solidariedade

    Dizemos SIM à solidariedade para com os pobres e os marginalizados, próximos e distantes; são os nossos irmãos e irmãs. Pedimos aos nossos governos e à União Europeia que se empenhem com decisão a favor dos pobres e do desenvolvimento dos países desfavorecidos, em modo especial da África.



  • SIM à paz

    Dizemos SIM à paz e empenhamo-nos para que nas situações de conflito se possa chegar a um entendimento e à reconciliação, através do diálogo. Sem a paz o nosso mundo não tem futuro.



  • SIM à responsabilidade

    Dizemos SIM à responsabilidade para com a sociedade e trabalhamos para que as cidades se tornem, com a participação de todos , lugares de solidariedade e de acolhimento a pessoas de origens e culturas diferentes.



  • SIM a uma economia justa

    Dizemos SIM a uma economia justa, ao serviço de cada pessoa e de toda a humanidade.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7