logo

top

imagemlandscape

“Juntos pela Europa” é iniciativa com atualidade

domingo, 13 de Maio de 2012

Foton15

O bispo do Funchal relevou a iniciativa “Juntos pela Europa” que, ontem à tarde, aconteceu a partir de Bruxelas para mais de 150 cidades, com a participação de importantes individualidades e foi seguida também em direto no Funchal. O evento continua a ser muito «atual» e «tem um agrande alcance desde que João Paulo II lançou a ideia (no Pentecostes de 1998)», lembrou D. António Carrilho.

«O papa deu-se conta de que muito de positivo na construção europeia devia-se aos valores cristãos e à presença evangelizadora da Igreja, e a Europa foi grande por isso. O desafio foi então lançado aos movimentos e obras laicais, mais empenhados na ação social, económica, política, etc., mas, hoje, a iniciativa mantém-se atual e até podemos dizer com certa urgência e emergência, pois, o tipo de sociedade e os problemas que se verificam atualmente exigem um novo paradigma de vida e mostra que é preciso recuperar os valores perdidos, não de forma repetida, mas com algo de novo e o mesmo espírito evangelizador de outrora», referiu o Bispo do Funchal ao JM; tendo-se ainda manifestado o seu regozijo pela adesão de movimentos diocesanos, «aberta e alargada nesta ação de comunhão universal.»

VL, Jornal da Madeira de 12.05.2012

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9

Agenda

Sem eventos


  • SIM à Vida

    Dizemos SIM à vida e empenhamo-nos a defender a sua dignidade inviolável em todas as suas fases, da concepção à conclusão natural.



  • SIM à família

    Dizemos SIM à família ligada por um pacto indissolúvel de amor entre homem e mulher, raiz de uma sociedade solidária e aberta ao futuro.



  • SIM à criação

    Dizemos SIM à criação, protegendo a natureza e o ambiente, dons de Deus a serem tutelados com empenho respeitoso pelas gerações presentes e futuras.



  • SIM à solidariedade

    Dizemos SIM à solidariedade para com os pobres e os marginalizados, próximos e distantes; são os nossos irmãos e irmãs. Pedimos aos nossos governos e à União Europeia que se empenhem com decisão a favor dos pobres e do desenvolvimento dos países desfavorecidos, em modo especial da África.



  • SIM à paz

    Dizemos SIM à paz e empenhamo-nos para que nas situações de conflito se possa chegar a um entendimento e à reconciliação, através do diálogo. Sem a paz o nosso mundo não tem futuro.



  • SIM à responsabilidade

    Dizemos SIM à responsabilidade para com a sociedade e trabalhamos para que as cidades se tornem, com a participação de todos , lugares de solidariedade e de acolhimento a pessoas de origens e culturas diferentes.



  • SIM a uma economia justa

    Dizemos SIM a uma economia justa, ao serviço de cada pessoa e de toda a humanidade.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7